web builder

INSTITUCIONAL

Toda a informação que quer saber sobre a Federação Portuguesa de Naturismo está aqui

Jornal Oficial EU

Proteção de dados na Europa
 Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016,
relativo à proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais
e à livre circulação desses dados e que revoga a Diretiva 95/46/CE (Regulamento Geral sobre a
Proteção de Dados) (other languages)

PARCEIROS

Descubra os protocolos que a Federação Portuguesa de Naturismo celebrou para os seus sócios e usufrua de todas as vantagens

A nossa história

Os marcos do Naturismo em Portugal

Anos 20

Registo histórico

O Naturismo em Portugal teve o seu primeiro registo histórico nos anos 20 do século passado, associado à Sociedade Naturista Portuguesa, onde o anarco-sindicalista José Peralta era figura de relevo. Praticava-se já a nudez nas praias da Costa da Caparica.

Com a implantação do regime ditatorial, os movimentos naturistas ficaram limitados às correntes vegetarianas e de medicinas alternativas, já que a nudez era proibida e associada ao crime de “atentado ao pudor”. Só depois do 25 de Abril se (re)começam a gerar as movimentações ligadas à prática da nudez colectiva.

1 de Março de 1977

FPN - Federação Portuguesa de Naturismo

A FPN – Federação Portuguesa de Naturismo, foi fundada a 1 de Março de 1977, numa reunião realizada em Lisboa, na Praça José Fontana, n.º 17 – 2.º, e na qual participaram os Srs. Dr. Mário Jorge Moniz Botelho, José Pereira Godinho, Fernando de Sant’Ana, Cyrille Terrilon, Carlos Patrício Alvares, Armando Gomes e Helmut Walter.

22 de Abril de 1977

Escritura Pública

A 22 de Abril desse ano, foi feita a escritura pública, conforme se pode ler no Diário da República n.º 150, III Série de 1 de Julho de 1977 (pág. 6105):

“Certifico que, por escritura de 22 de Abril do corrente ano, lavrada de fl. 12 vº a fl. 24 do livro de notas de escrituras diversas nº 610-B do Cartório Notarial de Oeiras, a cargo do notário licenciado Manuel Vicente Faria, foi constituída uma associação com a designação de Federação Portuguesa de Naturismo, sendo representantes do grupo que a formou Carlos Alberto das Neves Anapaz Patrício Alvares, José Jaulino Pereira Godinho e António Alberto Marques Moquenco…”

Inicialmente, a FPN teve a sua sede provisória na Rua de S. Bento, n.º 31 em Lisboa, gentilmente cedida por um dos seus fundadores, o Sr. José Godinho.

13 de Agosto de 1988

Lei 92/1988

A primeira manifestação do reconhecimento público, político e oficial da prática naturista em Portugal.
O primeiro Decreto-Lei é publicado no Diário da República com o n.º 92/88 de 13 de Agosto e constituiu-se, de facto, como a Legalização da Prática do Naturismo em Portugal.

29 de Agosto de 1994

Lei 29/1994

Alterações à lei 92/1988. 

20 de Dezembro de 2010

Lei 53/10

Lei atual sobre o Naturismo em Portugal.

3 de Setembro de 2017

1ª Presidente Mulher

É pela primeira vez eleita uma mulher como presidente.

INF-FNI

A Federação Portuguesa de Naturismo é filiada na INF-FNI, Federação Naturista Internacional.

Contactos

R. Quinta das Lavadeiras,
Nº 14 Loja A
1750-239 Lisboa

Email: fpn@fpn.pt                     
Telemóvel: 926 507 755