Imagem de topo
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATURISMO

O naturismo e a censura do Facebook

A imagem censurada

A imagem censurada

O texto censurado

O texto censurado

A maioria de nós vive num ambiente agitado com muito stressante no trabalho e nas deslocações para os arredores das grande cidades. Assistimos televisão, utilizamos os nossos computadores, estamos constantemente a olhar para baixo para o ecran do nosso telefone / tablet e muitas outras coisas que nos colocam muito longe da natureza.

Os movimentos verdes procuram fazer um equilíbrio neste contexto através de actividades ligadas à agricultura e à jardinagem em pequena escala. Eles também têm um desejo de nos re-conectar com a natureza. O que seria mais natural do que a nudez como parte da jardinagem ou reconexão com a natureza?

Eu acho que uma maneira de nos re-conectar com a natureza poderia ser nudismo. Ter uma maneira mais natural de olhar para o nosso corpo, sentir a natureza e a nudez será uma maneira brilhante de se conectar com a natureza.

Fonte da imagem e texto original.

O Facebook e a censura do naturismo

Se uma imagem vale por mil palavras, no caso do facebook vale por 3 dias de suspensão na presente situação.

Recentemente fomos brindados com a noticia de uma maior abertura desta rede social para com o naturismo e as respectivas imagens, no entanto e perante a presente realidade pouco ou nada mudou.
A presente imagem com uma mulher em harmonia com a natureza não deveria ser motivo de censura. É certo que as regras são para cumprir e ao aderir a esta rede social teremos de balançar os prós e contras da presença do naturismo e das respectivas vantagens para a filosofia de vida naturista.

No entanto a violência gratuita e conteúdos de tipo o tipo que são impróprios em sociedade, encontram-se disseminados por toda a rede.

O naturismo terá de seguir aqui um caminho de gato e rato, publicando e escondendo, dando a entender mas não mostrando. Terá de ser criativo para passar a sua mensagem e em simultâneo a respectiva imagem que permita a divulgação da sua parte mais visível : a nudez social.

O trabalho pela divulgação, pela promoção e pela aceitação do naturismo será longo e apenas possível com uma politica comum e insistente de todas as entidades ligados ao naturismo espalhadas pelo mundo sobre a coordenação da Federação Internacional de Naturismo.

Em mais de 60 anos não nos foi possível inverter esta situação.

Quantos anos precisamos para sair das trevas e ver o naturismo aceite e reconhecido com uma forma alternativa e vida e cultura proporia?

Quantas gerações terão de passar até termos a nossa plenitude social?

A censura e a INF