Imagem de topo
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATURISMO

Erecções

Nudismo e as erecções no masculino

Erecção Nudista - Uma série de artigos lida com o assunto das erecções masculinas e o nudismo. Muitos praticantes do Naturismo sentem que é dada muita atenção negativa a este evento que ocorre naturalmente. Outros dentro da comunidade naturista expressam o sentimento de "proteger" determinados grupos externos do que seria entendido como um gesto sexual. Aspectos religiosos e a sociedade continuam a fazer do pénis e suas acções uma área de discussão no seio da comunidade naturista.


Erecções reveladas - Uma erecção é normalmente definida como o resultado físico de sangue adicional viajar para um órgão com tecido eréctil, especialmente o pénis ou clítoris. Nos EUA, a " erecção " é normalmente utilizada para o pénis masculino. No pénis, o tecido local é a morada de um número de câmaras esponjosas que permanecem macias, ou flácidas, a maior parte do tempo. As erecções são tipicamente associadas com a maturação sexual e excitação. Dito isto, estudos mostram que os meninos pré- púberes também experimentam endurecimento ocasional do pénis.

Uma componente interessante das erecções, inclui o acto de endurecimento involuntário. Pensamentos sexualmente orientados NÃO são a única coisa que faz com que o pénis masculino entre em erecção. É normal para os homens terem erecções várias vezes ao dia, sem que para isso exista qualquer razão particular. Além disso, qualquer ato que gere fluxo de sangue para a parte inferior do corpo, como o desporto, pode ser suficiente para desencadear uma erecção. Também é normal para um homem ficar erecto durante o sono REM (movimento rápido dos olhos). As erecções podem ser impossíveis de controlar, especialmente entre os mais jovens. Então, uma erecção não sinaliza automaticamente excitação sexual, no entanto, a sociedade ainda associa quase exclusivamente a erecção com excitação sexual. As erecções podem diminuir por si só ou após a ejaculação.

O tamanho de um pénis erecto  - Enquanto estamos a discutir este assunto, podemos também abordar o tamanho do pénis. A maioria dos naturistas vê por si próprios que os pénis variam muito em tamanho, forma e aparência. Apenas para referência, o tamanho médio de um pénis flácido é entre 7.6 - 10.2 cm de comprimento e em erecção é de 12.7 – 15.2 cm de comprimento. Mas observe: a maioria dos pénis que estão fora desses intervalos ainda são normais. Estes intervalos são apenas médias.

Você já deve saber sobre tamanhos, mas você sabia que o tamanho flácido não determina o tamanho da erecção? Um pénis pequeno pode crescer bastantes centímetros de comprimento, enquanto um pénis mais longo pode crescer muito pouco.

A cultura popular promove a ideia de que o pequeno é vergonhoso, e maior é sempre melhor para o sexo. Uma longa série de pornografia convencional possui homens com pénis grande para fins de entretenimento apenas. Na realidade, muitas mulheres concordam que maior não significa melhor. Educadores sexuais corrigem este mito, dizendo que não é o tamanho do pénis que é tão importante mas sim o que você faz com ele. Muitas mulheres preferem um pénis pequeno ou médio porte ao invés de um grande. Claro que existem pessoas que preferem determinados tamanhos - pequenos e grandes.

Questões sexuais à parte, em ambientes naturistas, não há necessidade de se sentir humilhado ou embaraçado sobre o tamanho do pénis. Todas as pessoas são diferentes, e os naturistas geralmente não se importam com o tamanho do seu pénis, ou qualquer parte do seu corpo.

As erecções a religião e a sociedade - 
A massagista Sarah Ryan-Knox explorou o dilema das erecções masculinas dentro da sua profissão. O seu artigo sobre como lidar com a situação profissionalmente incluiu uma secção onde os seus colegas de trabalho expressam diferentes emoções sobre como lidar com um cliente estimulado. Enquanto a maioria dos terapeutas entendem que a massagem pode causar erecções involuntárias, alguns sentiram que a sessão poderia desviar-se do terapêutico para o território sexual. Os clientes expressaram sentimentos de vergonha só de pensar em possíveis erecções, quando realmente não há nenhuma razão para se sentir vergonha. Ryan- Knox passou a explicar por que o pénis ainda tem uma má reputação na sociedade moderna.

Um filósofo do século V com o nome de Agostinho ajudou a moldar a opinião religiosa sobre o pénis e todas as suas acções. Enquanto as sementes do cristianismo ocidental estavam a dar os seus primeiros passos, Agostinho estabeleceu a ligação entre as erecções, luxúria e pecado. As gerações anteriores admiravam o pénis e a sua ligação com a masculinidade. Mas uma sociedade em rápida mudança começou a ver o órgão como a raiz do mal. Essa mudança de percepção deixou marcas que ainda hoje causam problemas.

Instrumentos de tortura antigos demonstram o medo e o ódio associado com as erecções. Gaiolas forradas com espinhos, braguilhas metálicas e máquinas de eletrochoque surgiram para ajudar os homens a lidar com a sua condição de " embaraçoso ". Muitas famílias utilizaram essas engenhocas até o início do século XX.

A Psicologia descobriu que a religião também desempenha um papel importante em questões sexuais expressas por muitos dos seus pacientes actuais. Um artigo de 2011 para a Examiner.com ilustrou quão profundamente famílias religiosas ensinam às crianças que o sexo é um tema sujo e que qualquer coisa relacionada com os órgãos sexuais é errada. Essas atitudes transitam para a idade adulta e podem afectar negativamente desde relacionamentos românticos aos relacionamentos humanos em geral. Em situações em que não existia abuso físico os ensinamentos religiosos extremistas promoveram muitas disfunções e opiniões fortes.

Erecção no Nudismo – As erecção de um ponto de vista nudista

"E se eu ficar erecto? " É a questão número um entre os homens que se iniciam no Nudismo. Para alguns, o medo de ter uma erecção em público é o suficiente para diminuir o interesse pela primeira experiência de nudismo. O facto é que por vezes se dá muita importância às erecções mas na realidade são raras as vezes que acontecem num ambiente de nudismo social.

Muitos têm dificuldade em separar nas suas mentes a nudez da sexualidade e não conseguem imaginar como um cenário de nudismo social poderia ser algo que não fosse excitante. Mas uma vez experimentado e acostumado, os homens apercebem-se que um ambiente de nudismo social não é mais sexual do que uma praia têxtil pública (e, na realidade, uma praia de nudismo é muito menos sexual!).

Na comunidade nudista, a etiqueta estabelecida é cobrir com uma toalha ou entrar na água até a erecção passar.

Em resorts / clubes de nudismo ter uma erecção involuntária ou excitação temporária é geralmente tolerado enquanto se for discreto acerca do assunto. No entanto, ostentando ou passeando com uma erecção visível prolongada é normalmente contra as regras e pode resultar em ser convidado a sair. O raciocínio é que ostentar uma erecção é um comportamento sexual inapropriado e fará os outros sentirem-se desconfortáveis.

Alguns naturistas não vêem nada de errado com erecções involuntárias e acreditam que há muita vergonha e constrangimento em torno de uma função corporal natural. Num fórum de discussão sobre o tema, os usuários referenciam muitos momentos aleatórios, onde poderá surgir uma erecção, durante um filme comum ou no meio de um jogo de vôlei.

Alguns naturistas não acham que uma erecção tenha de ser escondida porque é simplesmente "natural”. " É claro que o contra-argumento é que o sexo em si é também "natural", mas a maioria dos naturistas não têm sexo em público (e obviamente também não o terão durante um evento naturista ou nudista).

Alguns naturistas sentem a necessidade de proteger as crianças e outros grupos de exposição sexual. Os pais temem que a visão de um homem erecto poderá causar um estado de confusão e causar danos psicológicos nos seus filhos.

Uma pequena percentagem de naturistas escreveu sobre a necessidade de respeitar os indivíduos que sofreram abuso prévio e assalto. A visão de um pénis erecto pode desencadear lembranças desagradáveis em vítimas de crime sexual.

Dois pesos e duas medidas - Existem regras formais e de etiqueta para as erecções masculinas, mas encontrar informação similar para as mulheres é quase impossível. Mais uma vez, algumas pessoas dentro da comunidade nudista consideram que o pénis erecto ou mamilos erectos são funções que ocorrem naturalmente. Outros associam erecções do pénis com excitação sexual e potencial perigo, mas banalizam respostas femininas semelhantes.

Agora é a sua vez de partilhar os seus pensamentos.

Você acha que os naturistas precisam relaxar em relação à erecção masculina e tornar-se mais tolerante com esta função " natural" do pénis? Ou nunca se deveriam tolerar erecções num ambiente naturista / nudista?

Uma erecção, mesmo que involuntária, é muitas vezes uma fonte de vergonha e embaraço e inibem a experimentação do nudismo.

Será que se deveria alterar a actual etiqueta relativa às erecções de forma a não promover a vergonha do corpo?

O que você diria a um homem que tem medo ou vergonha de ter uma erecção num ambiente naturista?

Fonte 1 Fonte 2 Fonte 3 Fonte 4
Traduzido e adaptado por RM